Airbus A321neo
Foto: Airbus

(Reuters) – A Airbus está se aproximando de um possível avanço na companhia aérea holandesa KLM, potencialmente substituindo a Boeing como sua fornecedora de jatos de médio curso, disseram três fontes familiarizadas com o assunto nesta quarta-feira (08)

O fabricante europeia assumiu a liderança em uma oferta para fornecer jatos A321neo para a companhia aérea nacional holandesa, batendo o 737 MAX da rival Boeing, disseram as fontes em condição de anonimato.

A Boeing permanece na disputa para manter sua posição como fornecedora da Transavia, uma low-cost do Grupo Air France-KLM. No entanto, as fontes alertam que as conversas sobre as duas negociações podem ir por água abaixo. A Air France-KLM disse que não tomou nenhuma decisão sobre a licitação anunciada no início deste ano. As fabricantes não quiseram comentar.

KLM

A companhia aérea franco-holandesa lançou uma licitação no início deste ano para renovar e expandir a frota de Boeing 737 de médio curso na KLM e as operações francesa e holandesa da Transavia. 
Ben Smith, CEO da Air France-KLM, disse que o negócio pode envolver a compra firme de 80 aeronaves com opções para outras 60 a 80, no que seria a maior aquisição de frota do grupo.
Analistas disseram anteriormente que a Boieng pode perder a compra após uma longa associação com a KLM. No entanto, Smith enfatizou em setembro que o grupo estava conversando com os principais fornecedores e mantendo conversas paralelas com fabricantes de motores

Fatores que pesam a favor da Airbus nos últimos meses incluem um degelo gradual das relações entre os braços franceses e holandeses do grupo de companhias aéreas, que têm fornecedores diferentes, e tensões sobre os atrasos recentes no Boeing 787, disseram as fontes.

DEIXE UMA RESPOSTA