A Airbus apresentou recentemente os seus números de outubro, e informou que até o momento, no acumulado dos 10 meses deste ano, a empresa já fabricou e entregou 584 aeronaves.

Até o momento em 2018 a empresa já entregou 70 aviões do modelo A350XWB, 34 do modelo A330, oito do modelo A380, cerca de 462 do modelo A320 e 10 do modelo A220.

Apesar do número ser substancialmente alto perto de 2017, quando a empresa apresentou o número de 517 entregas, a Airbus ainda está bem atrás da sua meta e bem possível que também esteja atrás da Boeing nesse quesito.

Em outubro informamos que a Airbus estava com uma dificuldade notória, a empresa teve um problema com o atraso na entrega de motores, o que alterou todo o planejamento de produção da empresa para 2018, foi assim que a Airbus chegou em outubro com apenas 503 entregas em seu currículo, e uma meta de entregar 800 aviões até o fim do ano.

Mas parece que a fabricante antecipou a instalação de motores nas aeronaves que estavam estocadas em Toulouse, e conseguiu atingir o pico de 81 aviões entregues em somente um mês, algo bastante surpreendente quando consideramos a capacidade de produção da empresa.

Apesar disso provavelmente a Airbus não vai atingir a meta de 800 aviões entregues em 2018, pois precisa realizar a entrega e pelo menos 108 aviões em cada mês que resta de 2018, incluindo este mês de novembro.

Provavelmente a Boeing vai terminar 2018 com mais entregas em comparação com a Airbus, assim como em 2017, mesmo com a queda na produção do 777 e 747.

Pelo menos em número de encomendas a empresa pode comemorar, pois acumulou até o momento em 2018 cerca de 396 encomendas firmes, contra 288 no mesmo período do ano passado. Como algumas companhias cancelaram os seus pedidos, ou transformaram em intenções de compra, a Airbus acumula somente 340 encomendas firmes recebidas em 2018.