ACH160- Foto: Airbus

A Airbus Corporate Helicopters (ACH) começará nesta semana a demonstrar para clientes em potencial o helicóptero médio mais avançado do mundo – o ACH160 – no Monaco Yacht Show, o principal evento de super iates do mundo.

A aeronave será a peça central de uma seleção de helicópteros da Airbus que estarão expostos, entre eles o líder de mercado ACH145 e o modelo mais leve ACH135 – todos equipados para operações em iates.

O ACH160 promete uma visão impressionante ao sobrevoar a baía de Mônaco no dia 26 de setembro, com um pouso e decolagem no iate Lürssen Flying Fox de 139 metros. Ele estabelece uma nova referência no transporte corporativo, com uma mistura de tecnologia inovadora, velocidade, conforto e estilo. Seu conceito interior é o resultado de uma colaboração entre a ACH Creative Style Studio e Harrison Eidsgaard, um dos nomes mais procurados do setor de design de super iates.

Os dois primeiros ACH160 já estão na linha de montagem final na fábrica da Airbus em Marignane. A certificação do H160 pela EASA na configuração de transporte está prevista para o final do ano e o primeiro ACH160 será entregue em 2020.

Também estará em exibição, no local C09, um ACH135 equipado com o interior da própria ACH Line da Airbus a bordo do M/Y Bintador, um iate de 50m construído pela Tankoa.

Completando a gama estará um ACH145, que será exibido no terraço do Yacht Club de Monaco. Este helicóptero apresenta o acabamento Mercedes-Benz Style Special Edition.

Os visitantes também poderão conhecer a versão mais recente do aplicativo ACH Yacht Interface, uma ferramenta dedicada a apoiar projetistas e construtores de embarcações na integração de aeronaves ACH em novos projetos de iates. Essa ferramenta fornece importantes informações preliminares para a incorporação de helicópteros ACH a bordo e serve para evitar dispendiosas instalações posteriores.

“Estamos emocionados por estarmos em Mônaco mais uma vez e esperamos demonstrar a adequação da nossa gama de helicópteros às necessidades dos projetistas, construtores e proprietários de iates”, afirma Frederic Lemos, Diretor Geral da Airbus Corporate Helicopters.

DEIXE UMA RESPOSTA