Semanas atrás tripulantes da TAP Air Portugal começaram a reclamar de possíveis problemas no Airbus A330-900neo, causando enjoos e náuseas em tripulantes da empresa, durante voos prolongados.

E em carta a Airbus relata que já conseguiu identificar alguns problemas com o óleo do motor, envolvendo também o sistema de ar condicionado. De acordo com a empresa, algumas “pequenas gotas de óleo” são liberadas ao ligar o motor, e isso pode está contaminando o sistema de ar condicionado nos minutos iniciais do voo.

A Airbus não cita problemas em relação a tonturas, vômitos, enjoos, desorientação e cansaço extremo, devido a esse problema. As investigações apontaram que o sistema de ar condicionado é totalmente descontaminado logo após a decolagem.

A fabricante da aeronave ainda está investigando mais causas desse estranho “cheiro” no sistema de ar condicionado, enquanto cria uma lista de mitigações temporárias do problema, e correções permanentes.

Anteriormente a Airbus não confirmou problemas nos aviões A330-900neo da TAP. A própria companhia e os tripulantes estão acompanhando esse processo, até para melhorar a tomada de decisões da Airbus juntamente com a EASA.