Airbus finaliza janeiro com 274 encomendas líquidas, enquanto Boeing fica no zero

Enquanto a Boeing finalizou janeiro sem receber nenhum pedido de encomenda de aeronaves, algo que não acontecia com a empresa desde 1962, a sua principal concorrente, a Airbus, finalizou o mês com 274 novas encomendas, e 31 aviões entregues.

Os pedidos da Airbus para novas aeronaves englobam os aviões da família A320neo, com 100 pedidos para a Spirit Airlines, e mais 102 para a empresa de arrendamento Air Lease, para um cliente não identificado.

Enquanto a maior parte dos pedidos ficou concentrada na família A320neo, o Airbus A220 também recebeu encomendas no mês, totalizando oito unidades. No final, a Airbus praticamente só “vendeu” aviões de corredor único com exceção de 11 aeronaves A350XWB.

O número bruto de pedidos foi de 296 aeronaves, mas devido aos cancelamentos, a Airbus encerrou o mês com 274 encomendas.

A fabricante finalizou o mês com quase 7000 aviões na sua carteira de pedidos que serão entregues nos próximos anos.

 

DEIXE UMA RESPOSTA