A Airbus apresentou o primeiro A330-900neo da Delta Airlines, que já saiu da linha de montagem final da estrutura, e também nas cores da companhia.

A aeronave MSN1915 (número de série), ainda vai receber os motores Rolls-Royce Trent 7000 em outro local do Centro de Montagem Final da Airbus em Toulouse.

Quando entrar na frota da companhia a aeronave deve receber a matrícula N401DZ. A previsão é de receber essa aeronave no segundo trimestre de 2019.

De todas as encomendas para o A330-900 que a Delta tem, 15 são fixas, e as outras 25 são opções de compra, incluindo essa alteração de hoje.

A finalidade dos aviões A330-900neo é substituir parte da frota de aviões 767-300ER, atualmente a companhia aérea opera com 79 aviões deste modelo, a maioria com mais de 20 anos de uso. A Delta também opera com 11 aviões A330-200 e 31 do modelo A330-300.

A Delta vai usar o A330neo em complemento ao A350-900XWB, em rotas de menor demanda. A companhia é também a única cliente do A330neo na América do Norte, as outras companhias aéreas estão optando pelo Boeing 787 Dreamliner.