A Airbus Helicopters iniciou as suas operações na unidade de montagem final do helicóptero H135 em Qingdao, na China.

A abertura desta unidade é derivada de um acordo de cooperação assinado entre a Airbus Helicopters e a China, em 2016, para a compra de 100 helicópteros H135 destinados ao mercado chinês. Cerca de 95 destes 100 helicópteros serão montados em Qingdao, a partir de 2019.

Os componentes principais, incluindo a fuselagem principal, os kits principais da caixa de engrenagens e a fuselagem traseira, serão enviados para Qingdao a partir de Donauwörth, na Alemanha e Albacete, na Espanha.

A planta de Qingdao, com 6500 m², é composta de quatro estações de trabalho, uma cabine de pintura, áreas de teste em terra e de voo e um centro de entrega. O local empregará cerca de 40 pessoas, 23 das quais receberam treinamento prático em Donauwörth.

O primeiro lançamento de aeronaves a partir de Qingdao deverá ocorrer no segundo semestre de 2019. As operações começarão com uma capacidade anual de 18 helicópteros, que poderão ser duplicados para acomodar o crescimento do mercado chinês.

O H135 é um dos helicópteros bimotores mais populares da China, operando principalmente em serviços médicos de emergência por helicóptero (HEMS), busca e resgate, polícia, combate a incêndios e turismo. No momento, cerca de 1300 helicópteros da família H135 estão em operação em todo o mundo, tendo acumulado mais de 5 milhões de horas de voo.