Airbus C295
Foto: Airbus

A Airbus iniciou os testes, utilizando uma aeronave C295, para desenvolver novas tecnologias que prometem reduzir o consumo de combustível das aeronaves militares.

As principais modificações na aeronave são uma nova asa semi-morphing de alta eficiência, novos winglets dinâmicos e uma antena SATCOM plana integrada na parte superior da fuselagem. Todas essas melhorias podem ser incluídas em uma futura versão do C295, chamada de C295 FTB2.

Ao mesmo tempo a Airbus utilizou novos materiais criados com tecnologias atuais envolvendo novos tipos de aços e materiais compostos. Um novo processo de montagem das estruturas aerodinâmicas da asa foi criado, e também para os flaps e ailerons das asas com o uso de robôs.

Continua depois do anúncio

O C295 FTB2 também recebeu novos controles de voo para superfícies de controle primárias, incluindo ailerons e flaps com atuação aerodinâmica aprimorada.

O novo sistema de controle de voo aproveita os sistemas de controle digital para otimizar a forma aerodinâmica da asa em voo, enquanto um novo flap multifuncional foi completamente redesenhado e inclui abas ao longo de todo o bordo de fuga controladas por atuadores eletromecânicos.

Continua depois do anúncio

A asa semi-morfológica é considerada uma estrutura aerodinâmica ativa, onde uma pequena parte da sua dimensão pode ser alterada enquanto o avião está em uso. 

Com essas modificações a Airbus espera uma redução de até 42% nas emissões de CO2 e 70 de NOx em uma típica missão de Busca e Resgate. O ruído também é reduzido em 45% durante a decolagem, mesmo sem mexer nos motores.

“O primeiro voo do C295 FTB2 é um marco importante que representa um importante passo em frente no programa, após a integração bem-sucedida das novas estruturas aerodinâmicas, power-on e testes de solo. Há alguns anos, este programa era apenas um sonho de um futuro mais sustentável para a aviação. Hoje estamos na fase final e finalmente conseguimos voar”, disse Francisco Javier Sánchez Segura, vice-presidente executivo de engenharia da Airbus Defence and Space.

Continua depois do anúncio

O C295 FTB2 traz melhorias não apenas para os aspectos puramente operacionais da aeronave, mas ajuda a introduzir novas melhorias no projeto e no processo de fabricação do avião militar.