Foto - Airbus

A Airbus introduziu uma revisão temporária nos manuais de voo da aeronave A321neo, com o objetivo de evitar a possibilidade da aeronave atingir atitudes excessivas.

A Agência de Segurança da Aviação da União Europeia (EASA) divulgou que a revisão segue a análises de dados de computadores do A321neo, com motores CFM International Leap-1A e Pratt & Whitney PW1100G, como forma de evitar maiores problemas.

A EASA adverte que algumas manobras podem resultar em ultrapassar o envelope de voo, inclusive em altitude, e que isso poderia resultar em um “controle reduzido” da aeronave. O ponto seria que a aeronave pode assumir um pitch excessivo em altitudes elevadas, e isso limita o ângulo de pitch positivo, para evitar o estol.

A limitação de voo também vale para a versão A321neo Long Range (LR).

A Airbus emitiu sete revisões temporárias relevantes para o manual de voo, em 21 de junho e 10 de julho. A EASA disse que a medida de segurança é uma ação provisória, e pode ser seguida por outros requisitos.

 

Via – FlightGlobal