Airbus Miami Training Center lança bolsas de estudo para obter qualificação de tipo A320 e técnico de manutenção

Como parte de seus esforços contínuos para apoiar a comunidade aeroespacial durante a pandemia de coronavírus, o Airbus Training Center em Miami (ATC) lançou uma bolsa para o curso de Qualificação de Classificação de Tipo A320 para pilotos em formação e técnicos de manutenção de aeronaves nos Estados Unidos.

A iniciativa faz parte de uma colaboração entre o ATC de Miami, a OBAP (Organization of Black Aerospace Professionals), a WAI (Women in Aviation International), a Universidade Aeronáutica Embry-Riddle e a Universidade Lynn para apoiar ainda mais a diversidade e as necessidades futuras do setor de aviação.

“A Airbus se orgulha de fazer parceria com as principais instituições aeroespaciais para apoiar aspirantes a profissionais da aviação durante esses tempos sem precedentes com esta bolsa de estudos, que responde diretamente à crescente demanda por pilotos e técnicos qualificados em todas as Américas”, afirma Joe Houghton, vice-presidente de Operações de Treinamento e Voo da Airbus Américas.

No total, dezesseis estudantes serão beneficiados com as bolsas. Os pilotos estudantes serão qualificados para pilotar um A320 após a conclusão bem-sucedida do treinamento, e os estudantes de manutenção terão a oportunidade de se tornarem candidatos a cargos de manutenção de nível básico nas companhias aéreas da Airbus e nos clientes de MRO (Maintenance, Repair and Overhaul).

O A320 é a família de aeronaves de corredor único mais popular do mundo, pois é a escolha preferida das companhias aéreas, sendo a única aeronave de corredor único que oferece capacidade de carga em contêiner, aumentando a eficiência operacional geral das companhias aéreas.

Em resposta à pandemia, a Airbus Américas mobilizou apoio às comunidades locais por meio de iniciativas como esta bolsa de estudos. Outros esforços incluem arrecadação alimentos, campanhas de doação de comida, primeiros socorros e equipamentos de proteção individual – incluindo protetores faciais impressos em 3D e máscaras descartáveis e reutilizáveis para trabalhadores da linha de frente.

O Airbus Training Center em Miami, Flórida, oferece treinamento para a tripulação de voo e cabine dos clientes da Airbus, bem como para o time de manutenção. O complexo de mais de 10.000 m², projetado de forma personalizada, possui sete simuladores de voo completo, treinadores de portas de cabine e de escorregadores de emergência, salas de aula de treinamento baseadas em sistemas de ponta e sete dispositivos de treinamento de voo simulando as aeronaves A320, A330, A340 e A350 XWB. O Miami Airbus Training Center treina aproximadamente 2.200 trainees por ano. Os estagiários são de todo o mundo, embora a maioria seja de operadoras da Airbus nos Estados Unidos, Canadá e América Latina.


Além de ser a fabricante de aeronaves operada pelas maiores companhias aéreas norte-americanas, a Airbus é uma importante parceira das empresas aeroespaciais dos EUA, apoiando 275.000 empregos no país. Nos últimos três anos, a Airbus gastou US$ 48 bilhões nos Estados Unidos. Suas instalações incluem centros de engenharia no Kansas e Alabama; centros de treinamento de voo e manutenção na Flórida e Colorado; atendimento ao cliente e sede na Virgínia; uma linha de montagem da família A320 no Alabama; um centro de inovação (Acubed) na Califórnia; uma empresa de análise de dados de drones (Airbus Aerial) na Geórgia e uma fabricação e montagem de helicópteros no Texas e Mississippi.

 

Fonte: Airbus Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA