Foto: Airbus

A Airbus está implantando uma aeronave de teste do modelo A330-800 para auxiliar nas medidas de proteção contra coronavírus, usando-a para transportar cerca de 2 milhões de máscaras de Tianjin, na China, para a Europa, onde serão distribuídas às autoridades francesas e espanholas.

A Airbus divulgou a medida enquanto se prepara para reiniciar, pelo menos parcialmente, os trabalhos de produção e montagem nos dois países (França e Espanha).

A Airbus interrompeu temporariamente o trabalho enquanto realizava verificações de saúde e higiene para garantir a conformidade com os esforços para combater o surto de coronavírus.

A empresa disse que doou “milhares” de máscaras para hospitais e outras instituições na Europa e começou a usar aeronaves de teste para transportar grandes quantidades a partir de fornecedores chineses.

“Tentamos viver de acordo com nossos valores, humilhados pela complexidade da situação, e contribuímos o máximo possível para a sociedade nesses tempos muito difíceis”, diz o executivo-chefe Guillaume Faury.

O A330-800 (F-WTTO) voou de Toulouse para Tianjin no dia 21 de março, e partiu para o voo de retorno à França no dia seguinte.

“Voos adicionais estão planejados para os próximos dias”, disse a Airbus.


 

DEIXE UMA RESPOSTA