O enorme dirigível Airlander 10, atualmente a maior aeronave do mundo, realizou seu voo primeiro voo após uma semana e meia depois de sair de seu hangar e começar a realizar testes em solo. O primeiro voo teve curta duração e decolou a partir do aeroporto de Cardington, nos arredores de Londres.

O primeiro voo estava programado para domingo (14/08), porém por causa de problemas técnicos só foi possível realizá-lo no dia 17. O dirigível fez um voo perto do anoitecer no Aeroporto de Cardington, com decolagem às 19h45 e pouso às 20h00. Foi possível subir até 5 mil pés (1524m) acima do solo e atingir a velocidade de 35kt (65km/h).

O Airlander tem 92 metros de comprimento e se destaca por ser diferente dos famosos e gigantes dirigíveis do passado, a começar pela sua estrutura que possibilita utilizar um volume maior de hélio (He) sem precisar de um grande comprimento na sua estrutura. O fato de utilizar Hélio torna o dirigível menos susceptível a incidentes.

O piloto-chefe de teste, David Burns, que comandou o voo com copiloto Simon Davies, disse que foi um “privilégio” voar o Airlander 10 pela primeira vez. “Ele voou como em um sonho”, acrescenta o piloto.

A Hybrid Air Vehicles (HAV), fabricante do Airlander 10, disse que todos os objetivos do teste foram atendidos durante o voo, incluindo um seguro de lançamento, voo e pouso, juntamente com uma série de curvas suaves com aumento da velocidade. Em sua fase final o Airlander 10 deverá ser capaz de voar por duas semanas sem escalas para reabastecimento, resistir a um impacto similar ao disparo de diversos projéteis e voar em qualquer condição ambiental e climática.

 

A seguir uma tabela com os dados obtidos nos testes e o previsto pela fabricante:

VelocidadeAltitudeTempo de voo
Primeiro Teste65km/h1524m (5000 ft)15 minutos
Voo Normal (previsto)144km/h6000m (19600 ft)336 horas

 

Veja abaixo o vídeo do primeiro voo: