Turismo Cursos Inglês
Medida vale para cidadãos dos dois países com passaporte comum válido para fins de turismo, trânsito ou negócios - Arquivo/Agência Brasil

A Alemanha e a França modificaram suas regras para a entrada de viajantes brasileiros em seus territórios, veja quais foram as mudanças:

 

Alemanha

O país permitia a entrada de brasileiros sem a exigência da vacina, porém agora o governo alemão voltou atrás e passa a exigir a vacinação completa. Um detalhe importante, para quem deseja entrar na Alemanha, deverá ter tomado a vacina completa há pelo menos 14 dias antes da viagem.

Além disso, o governo especificou quais as fabricantes serão aceitas ou não para permitir a entrada. Confira quais vacinas estão autorizadas:

  • Pfizer
  • AstraZeneca
  • Moderna
  • Janssen

Vacinas não autorizadas:

  • Coronavac

 

Importante ressaltar que a Alemanha não está permitindo a entrada de passageiros que tenham tomado as primeiras doses ou dose de reforço de fabricantes não autorizadas pelo governo mesmo que com a mescla de fabricantes autorizadas, não poderão entrar no país.

Para entrar na Alemanha, o passageiro precisará apresentar documento oficial com foto junto ao comprovante de vacinação, onde deverão constar as doses aplicadas, fabricante, profissional identificado que realizou a aplicação e a unidade de saúde. Crianças menores de 12 anos estão desobrigadas a apresentar comprovante de vacinação desde que esteja acompanhado de um adulto dentro dos requisitos.

 

França

Diferente da Alemanha, a França anunciou que vai aceitar passageiros com destino ao país vacinados com a Coronavac e outras fabricantes. Entretanto, há exigência de que o passageiro tenha recebido a segunda dose ou dose de reforço da Pfizer ou da Moderna dentro dos últimas quatro semanas desde a aplicação da primeira dose da Coronavac.

A nova regra foi aprovada ontem (23), com isso os passageiros com destino á França poderão emitir o passaporte vacinal do país sem maiores problemas.

 

Reforço em voos para o Canadá

Os viajantes brasileiros estão ganhando mais opções de destinos, depois de um longo período de restrições. A Air Canadá que iniciou seus primeiros voos entre São Paulo e Toronto, anunciou a ampliação do número de frequências devido a grande procura pela rota.

A partir dos dias 18 e 25 de outubro, a companhia passa a oferecer quatro voos semanais, podendo ser ampliada para frequências diárias em dezembro, que está prevista a retomada também da rota partindo de Montreal para São Paulo(GRU). Os voos serão operados por aeronaves Boeing 787-9 para Toronto e com o 787-8 para Montreal.

 

DEIXE UMA RESPOSTA