Clique Aqui e receba as principais Notícias da Aviação em tempo real diretamente no seu Whatsapp ou Telegram.

Boeing 787
Foto: Boeing

(Reuters) – A fabricante norte-americana Boeing, revelou nesta quinta-feira (14) que algumas peças utilizadas para a fabricação da aeronave 787 foram feitas indevidamente. A fabricante não citou qual seria a empresa responsável e também não detalhou quais seriam as peças feitas erroneamente. 

O Wall Street Journal revelou que essas peças seriam de titânio, em sua fabricação estariam sendo fabricadas com composto mais fraco do que o necessário. 

“Enquanto nossa investigação está em andamento, determinamos que isso não representa uma preocupação imediata de segurança de vôo para a frota ativa em serviço”. Disse um porta-voz da Boeing

As aeronaves já fabricadas, passarão por um processo formal de verificação junto à FAA para se necessário corrigir alguns pontos. O problema afeta aeronaves 787 construídas nos últimos três anos segundo o Wall Street Journal. 

Problemas enfrentados pela Boeing no 787 tem se tornado cada vez mais frequente, desde meados de 2020, a fabricante enfrenta problemas em algumas remessas de aeronaves por defeitos em peças fabricadas por outras empresas. 

 

 

Fonte: Reuters

DEIXE UMA RESPOSTA