Aeroporto Santos Dumont
Foto: Infraero/Reprodução

Em breve, o Aeroporto Santos Dumont no Rio será mais um dos diversos terminais arrematados à iniciativa privada. Uma das preocupações com a futura concessão é afetar ainda mais os voos chegando e partindo do outro Aeroporto carioca, o Galeão.

A Prefeitura do Rio de Janeiro preocupada com o ‘abandono’ do Aeroporto Internacional do Galeão, pediu que o terminal localizado na parte central da cidade fosse concedido a iniciativa privada porém com restrição de voos. Diante desse cenário, o Governo Federal está estudando possíveis alternativas para o problema.

Uma das alterações no edital prevê aumentar o tempo de três para cinco anos para que a concessionária que arrematar o Aeroporto Santos Dumont realize obras de correção de não conformidades, possibilitando o aumento do volume de passageiros no terminal.

“Isso aqui dá mais prazo para o Galeão. Durante esses cinco anos que a concessionária vai ter para conseguir licenciamento, fazer as obras, o Santos Dumont não cresce basicamente, é muito residual”, disse o Secretário do Ministério da Infraestrutura sobre Aviação Civil, Ronei Glanzmann. 

Essa alteração também está prevista para o edital do Aeroporto de Congonhas, é esperado que a ANAC aprove o edital na próxima semana. Tanto o Aeroporto Santos Dumont como Congonhas serão leiloados no próximo ano.

A ideia da prefeitura seria limitar a distância dos voos que partem e chegam ao Santos Dumont em até 500km, exceto os voos para Brasília que possuem diversos voos diários com alta taxa de ocupação. Se a limitação entrasse em vigor no edital, o terminal carioca não poderia operar voos para o Norte, Nordeste e para o Sul, forçando as companhias aéreas a transferir voos para o Galeão. 

O Aeroporto Internacional do Galeão foi concedido a iniciativa privada em 2013, mesmo com grandes investimentos e um valor alto de concessão o terminal da Ilha do Governador não deu o retorno esperado e viu diversos voos domésticos serem cancelados e os internacionais serem remanejados para Guarulhos.

O valor de lance inicial para arrematar o Santos Dumont será de no mínimo R$ 355 milhões.

 

Ligação direta pelo Metrô

Uma das hipóteses estudadas está em implementar uma linha de metrô ligando os Aeroportos Santos Dumont e Galeão de forma direta. O Governo Federal busca privatizar o Santos Dumont sem que afete ainda mais o Tom Jobim. 

Para a criação da linha de metrô seriam utilizados recursos das outorgas dos terminais em valores estimados em R$ 5,5 milhões. Ainda estão sendo estudados são referentes as partes dos recursos a serem utilizados da concessão dos dois aeroportos à União que poderão ser aplicados para a construção do Metrô.

 

 

Fonte: Terra

DEIXE UMA RESPOSTA