Clique Aqui e receba as principais Notícias da Aviação em tempo real diretamente no seu Whatsapp ou Telegram.

Amaro Aviation
Foto: Divulgação

Empresa de aviação de negócios anuncia o comandante Francisco Lyra como novo presidente e CEO

A Amaro Aviation, empresa privada de aviação executiva, anuncia importantes mudanças na direção. O comandante Francisco Lyra, sócio da empresa, assume o cargo de Presidente e CEO em substituição ao comandante David Barioni, que passa a responder pela área de segurança operacional e corporativa. A mudança, já efetivada, reflete um novo momento da companhia, que recentemente recebeu e colocou em operação as duas primeiras aeronaves.

“Nossa prioridade é a segurança e, por essa razão, decidimos alocar nosso melhor recurso humano para cuidar exclusivamente disso. O comandante Barioni é a pessoa ideal para assumir em tempo integral a gestão da segurança, com foco na área operacional. Ele acumula décadas de experiência como piloto, gestor e agora é responsável direto pela segurança, tanto em voo quanto em solo”, disse Marcos Amaro, fundador e chairman da Amaro Aviation.

Para Amaro, essas mudanças refletem o desenvolvimento natural do negócio. “De uma empresa em formação, com cunho de “startup”, agora passamos para uma nova fase: a chegada e entrada em operação de nossas primeiras aeronaves exige um nível de dedicação intenso e constante.”

Francisco Lyra tem mais de 45 anos de aviação, e é também Chief Executive Officer (CEO) e sócio da C-FLY Aviation, e CEO do GATGRU, terminal de aviação geral do Aeroporto Internacional de Guarulhos. Comandante Lyra traz no currículo o fato de ser também um dos fundadores do São Paulo Catarina Aeroporto Executivo Internacional.

Agora na supervisão de todos os aspectos relativos à segurança da Amaro Aviation, o comandante David Barioni, por sua vez, é um veterano da aviação e referência no assunto tanto no Brasil quanto no exterior. Sócio da Amaro Aviation, Barioni foi fundador e vice-presidente da GOL e presidente da TAM nos anos 2000, tendo depois presidido a ApexBrasil e a SPTuris.

Integram o quadro executivo e societário da Amaro Aviation ainda Décio Yoshimoto, responsável pela área financeira, e o comandante Carlos Eduardo Ribeiro do Valle, também piloto com 25 anos de experiência.

Pela área comercial responde o vice-presidente João C. Mellão, que atuou na organização da Copa do Mundo da FIFA no Brasil e nos Jogos Olímpicos Rio 2016. Ksenia Kogan Amaro é membro do conselho e ombudswoman da empresa.

O time conta ainda com o Cmte. Igor Bueno, diretor de Operações; Franco Lyra, diretor comercial; Claudio Camelier, diretor de inteligência e estratégia; Pedro Euzébio Jr., diretor de manutenção; Gilberto Lago, diretor do Centro de Controle de Operações e Gianfranco Beting, diretor de marketing.

Apesar de ter chegado ao mercado há um ano, a Amaro Aviation já conta com duas aeronaves em operação. A primeira é o jato suíço Pilatus PC-24, projetado para operar em pistas curtas e até mesmo sem pavimentação.

O segundo é um Gulfstream G550, aeronave para até dezenove ocupantes, projetada para etapas ultralongas, como São Paulo – Moscou sem escalas. Até o final do ano, a terceira aeronave, um Pilatus PC-12 NGX, chega para reforçar a frota.

São quatro áreas na aviação de negócios: Fractional Ownership (propriedade compartilhada, Gerenciamento de Aeronaves e , em breve, Táxi Aéreo. Com a Fractional Ownership, os clientes adquirem cotas de propriedade compartilhada das aeronaves, um modelo que assegura a disponibilidade da aeronave a uma fração do seu custo de aquisição.

Com a comodidade de deixar a cargo da Amaro Aviation, todos os detalhes operacionais, como agendamento, plano voo, tripulação, catering, manutenção, comunicações, concierge e serviços de seguro.

A companhia atua também no Gerenciamento de Aeronaves, sistema em que proprietários deixam as aeronaves aos cuidados da Amaro Aviation. Atualmente, em parceria com a C-FLY Aviation, a empresa já tem sob gestão a maior frota de jatos Gulfstream do país. Finalmente, a Amaro Aviation também pretende atuar no segmento de Táxi Aéreo, tão logo seja autorizada.

 

 

Via: Amaro Aviation

DEIXE UMA RESPOSTA