A empresa Amazon fez um pedido à Federal Aviation Administration (FAA) para que possa fazer o uso de drones pra entregas.

Para que possa fazer as entregas é preciso um certificado de aeronavegabilidade, algo que é novo no momento, e resulta em algumas outras medidas que vão priorizar a segurança desta ação.

O drone em questão é o Prime Air, ele é capaz de fazer pequenas entregas em um raio de 24km, sua altitude máxima de voo é de 400 pés, superior a muitos prédios urbanos.

Ela é composta por um pequeno motor na sua parte traseira, asas e um pack de baterias em sua fuselagem central, e claro um espaço interno dedicado ao transporte e entrega de cargas. Para localizar o local o drone utiliza um dispositivo parecido com um localizador NFC, só que utilizando o GPS e coordenadas com precisão de menos de 1 metro.

Atualmente a NASA e FAA trabalham nos Estados Unidos junto com a Amazon para incorporar um sistema que gerencie drones autônomos no espaço aéreo americano. O novo sistema deverá estar disponível até 2019 e voar com a altitude máxima de 400 pés (121 metros).