American Airlines antecipa a aposentadoria de aeronaves Boeing 757 e 767

A American Airlines vai reduzir em breve a sua frota de aeronaves Boeing 757 e 767, principalmente pela queda na demanda causada pelo Coronavírus, e devido à nova encomenda para o 787 Dreamliner.

O Boeing 767-300 deveria ser aposentado até o fim de 2021 na American Airlines, porém agora todos os 16 aviões serão retirados até maio de 2020. Os 767 da American têm uma média de quase 20 anos.

Além disso, a American Airlines também deve acelerar a aposentadoria dos Boeing 757. Atualmente a empresa tem 34 aviões desse modelo na frota, e planeja deixar de operar com essas aeronaves até maio de 2021.

Enquanto o Boeing 767-300 será substituído pelo 787 Dreamliner, a American espera substituir o 757 pelo Airbus A321XLR, porém este último chega na frota somente em 2023, criando um pequeno “gap” na frota da companhia entre 2021 e 2023.

O Boeing 757 é um avião narrowbody (corredor único), ideal para voos internacionais de longa distância e baixa demanda para a rota, ou voos de média distância de alta demanda.

O atrativo da aeronave, quando foi lançada era ter um custo operacional menor, em comparação com o 767, e hoje em dia é substituída pelo A321LR e A321XLR nas frotas das companhias aéreas.

A American Airlines também planeja aposentar o A330 até 2023, substituindo o mesmo pelo Boeing 787 Dreamliner, simplificando a sua frota.


DEIXE UMA RESPOSTA