eVTOL da Vertical Aerospace

A American Airlines e o Virgin Group anunciaram em conjunto com a Vertical Aerospace um compromisso de compra para até 400 aviões eVTOL, produzidos pela empresa. São 250 “encomendas” da American, e mais 150 do Virgin Group.

A American Airlines também vai investir US$ 25 milhões na Vertical Aerospace, uma empresa líder com sede no Reino Unido que desenvolve aeronaves eVTOL. A transportadora norte-americana visa ajudar no desenvolvimento de tecnologias emergentes que permitem a redução das emissões de carbono.

O anúncio conjunto das companhias foi realizado logo depois que a brasileira Embraer divulgou duas encomendas da Eve, para seu conceito de eVTOL. A primeira de 200 aviões para uma empresa norte-americana e uma de 50 para a brasileira Helisul, que ajudará a desenvolver o conceito.

O compromisso das duas companhias com a Vertical Aerospace pode atingir quase US$ 2 bilhões. A Virgin disse que planeja a possibilidade de uma Joint Venture com a Vertical Aerospace, no contexto dos eVTOLs.

A Vertical está desenvolvendo o VA-X4, uma aeronave elétrica que pode transportar quatro passageiros e um piloto, e voar a velocidades de até 320 km/h, com um alcance de mais de 160 km somente com baterias.

Essas aeronaves podem transportar clientes rapidamente em torno dos centros urbanos das cidades e para aeroportos. A Vertical planeja realizar seu primeiro voo de teste do VA-X4 ainda este ano, com a certificação da aeronave já em 2024.

A Virgin Atlantic disse que esta aeronave permitirá conectividade regional sustentável e com preços competitivos. Por exemplo, reduzirá a viagem de 90 quilômetros de Cambridge a Londres-Heathrow para apenas 22 minutos. Hoje em dia é de uma hora e 30 minutos de carro pela estrada.

A meta da Virgin é complementar o serviço de voos entre cidades distantes com o eVTOL, possibilitando a ligação de 37 cidades ao redor de Londres ao Aeroporto de Heathrow em poucos minutos.

O VA-X4 ainda tem uma outra encomenda para 500 eVTOLs a partir da empresa de leasing Avolon. Desta forma a Vertical Aerospace é a fabricante desse tipo de aeronave “líder” neste momento, seguido pela Embraer, com a Eve.