American, Southwest e Unites adiam retorno do 737 MAX aos voos comerciais

Foto - Divulgação

As companhias aéreas American, Southwest e United Airlines declararam recentemente que adiaram o retorno do Boeing 737 MAX aos voos comerciais.

No caso da American Airlines, a companhia espera retomar os voos com o 737 MAX no dia 18 de agosto deste ano, de acordo com a nova previsão. No dia 23 de fevereiro, a American executará uma alteração formal de horário e os clientes que foram previamente reservados no MAX até 17 de agosto verão a reserva atualizada no aa.com .

Já a United Airlines cancelou todos os voos com o 737 MAX até o dia 04 de setembro deste ano. A companhia diz que espera cancelar entre 56 e 108 voos todos os dias, ou entre 1600 e 3300 voos por mês, entre agora e setembro.

“Decidimos retirar os voos do Max da nossa programação até 4 de setembro de 2020”, afirmou a United em comunicado. “Durante esse período, continuaremos a tomar medidas extraordinárias para proteger os planos de viagem de nossos clientes. No futuro, continuaremos monitorando o processo regulatório e fazendo os ajustes necessários em nossa operação e em nosso cronograma para beneficiar nossos clientes que estão viajando conosco.”

Já a Southwest Airlines espera retomar voos com o 737 MAX no dia 10 de agosto.

O 737 MAX está impedido de voar há mais de 11 meses. Cerca de 370 aviões que estavam operando voos estão em solo, e mais de 400 deles produzidos pela a Boeing nesses 11 meses estão estocado em unidades da fabricante nos EUA.

 

DEIXE UMA RESPOSTA