Aeroporto de Natal
Foto - Aeroporto de Natal

A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) aprovou nessa terça-feira, 31 de maio, o pedido de reequilíbrio econômico-financeiro da Inframerica, no valor de R$ 18 milhões, para recomposição de perdas decorrentes da pandemia da Covid-19 em 2021 para o Aeroporto de São Gonçalo do Amarante (ASGA), que atende o município de Natal (RN).

A recomposição do reequilíbrio econômico-financeiro será incluída nos haveres e deveres que comporão a indenização devida por ocasião da relicitação do aeroporto.

O reequilíbrio aprovado pela ANAC observa o estrito cumprimento do contrato de concessão, garantindo a manutenção dos investimentos e a continuidade da prestação dos serviços à sociedade, além de mostrar aos potenciais investidores do novo leilão do ASGA que a Agência preza pela segurança jurídica e estabilidade regulatória.

Aeroporto de Porto Alegre

Na mesma reunião deliberativa, a Diretoria da Agência acatou recurso da Fraport Brasil, concessionária do Aeroporto de Porto Alegre, para acréscimo de R$ 17,1 milhões à recomposição de perdas da Covid-19 aferidas em relação ao ano passado.

A ANAC reviu os cálculos do reequilíbrio aprovado conforme a Decisão nº 496, de 17 de dezembro de 2021 (clique no link para acessar), e elevou o montante para R$ 118,1 milhões na data-base de 31 de dezembro de 2021.

A recomposição do equilíbrio econômico-financeiro adicional para o Aeroporto de Porto Alegre será realizada somente após anuência da Secretaria Nacional de Aviação Civil, do Ministério da Infraestrutura (SAC/Minfra).

 

Via: ANAC