Aeroparque Aeroporto Jorge Newbery

A Agência Nacional de Aviação Civil da Argentina (ANAC), mudou a categoria operacional do Aeroporto Jorge Newbery em Buenos Aires. 

Em meados de 2020, o governo argentino fechou o Aeroporto Jorge Newbery para dar inicio a grandes reformas para melhorar a operação do terminal. 

As pistas foram todas recapeadas, além disso a pista de decolagens e pousos ganhou uma extensão de 615 metros juntamente com a largura que aumentou em 20 metros. A pista do terminal passará agora a ter 2.715 metros de cumprimento com 60 metros de largura.

As novas dimensões da pista garantem que aeronaves como o Airbus A330 e Boeings 767 e 787 consigam operar sem problemas no Aeroparque. 

Além disso, foram investidas melhoras no sistema ILS, que agora é ILS CAT III e conta com o novo AWOS CAT III. 

A partir de agora o Aeroporto Jorge Newbery poderá ter pousos em condições de baixa visibilidade com alcance entre 800 e 300 metros além do teto de nuvens entre 60 e 30 metros. 

O Aeroparque foi reaberto as operações comerciais em março de 2021, o terminal é o principal em conexões e voos domésticos da Argentina e junto com o Internacional de Ezeiza (EZE) e El Palomar (EAP) são os três Aeroportos grandes de Buenos Aires. 

Atualmente o Jorge Newbery conta com voos de sete companhias aéreas sendo a Aerolineas Argentinas, JetSmart, Flybondi, LATAM, GOL, SKY e Paranair. A maioria das operações são feitas com aeronaves Airbus A320ceo e Neo além dos Boeings 737 NG e MAX. 

 

 

Com informações do Aviación Online.