GOL Boeing 737 MAX Aeroporto

A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) informou que está acompanhando manutenções a serem realizadas em aeronaves modelo Boeing 737 MAX, por possíveis alterações no sistema elétrico de alguns aviões (clique aqui para ver mais sobre o assunto).

Essa intercorrência afeta apenas um Boeing 737 MAX da frota brasileira, que já está fora de operação para manutenção. Uma fonte informou ao Portal Aeroflap que a aeronave de matrícula PR-XMM foi retirada da malha para manutenção nesta sexta-feira (09).

Em todo o planeta cerca de 90 aviões 737 MAX estão impossibilitados de operar voo neste momento devido ao novo problema notificado pela Boeing.

Esse comunicado foi direcionado à Agência na manhã desta sexta-feira (09/04) pela Boeing, pela empresa GOL Linhas Aéreas, operadora da aeronave, e pela Federal Aviation Administration (FAA), e faz parte de um processo rigoroso de monitoramento que visa a segurança das operações.

Boeing 737 MAX

Conforme as informações recebidas, essa ocorrência não está relacionada ao sistema de controle de voo, que foi revisado em 2019 e 2020.

O retorno da aeronave às operações só ocorrerá após todas as ações corretivas serem aplicadas e validadas.

A ANAC segue acompanhando o caso, em estreito contato com a autoridade americana de aviação, a FAA, com a fabricante Boeing e com a empresa GOL Linhas Aéreas, que têm 8 aviões deste modelo na sua frota.

 

Via: ANAC