A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) participou, nessa terça-feira (30), de ação de fiscalização conjunta com a Polícia Civil de Minas (PCMG) no aeródromo localizado no município de Januária, na região Norte do estado de Minas Gerais.

A medida visava identificar irregularidades e mapear denúncias de uso do aeródromo local que se encontra interditado. A fiscalização averiguou nove aeronaves no local, sucateadas e em condições de abandono. Algumas dessas já foram identificadas pela equipe da ANAC em situação de irregularidade.

Com a operação, os proprietários serão identificados e notificados para que promovam a remoção das aeronaves. O aeródromo segue interditado, portanto, fechado ao tráfego aéreo. A prefeitura de Januária também está sendo notificada da situação.

A ANAC e a Polícia reforçam a importância da população em denunciar movimentação clandestina no aeroporto em questão, contribuindo com o trabalho das instituições e colaborando com a segurança das operações aéreas.

 

Via: ANAC

DEIXE UMA RESPOSTA