A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) emitiu no dia 03 de Março de 2020 o Certificado de Tipo para o Pilatus PC-24.

Com isso, esse jato fabricado na Suíça, reconhecido por sua versatilidade, conforto e performance, certificado para operação em qualquer tipo de terreno, podendo ser operado por apenas 1 piloto, levando 9 passageiros, e com teto de 45.000 pés, poderá receber marcas e placares nacionais, conforme a determinação daquela Autoridade.

Uma das características do PC-24 é seu excelente desempenho em pistas curtas e não pavimentadas e isso abre um incrível grau de flexibilidade e novas possibilidades. Comparado a outros jatos executivos atualmente no mercado, o PC-24 fornece acesso a quase o dobro de aeroportos em todo o mundo. 

A Pilatus investiu mais de 500 milhões de francos suíços de fundos próprios no programa de desenvolvimento do PC-24. Mais 150 milhões de francos foram destinados em edifícios e máquinas de produção em Stans, a fim de expandir a própria capacidade de produção da série PC-24.

O Pilatus PC-24 leva até 8 passageiros a bordo, sem contar a tripulação, que pode ser composta de dois ou apenas um piloto. O avião bimotor executivo pode fazer voos de 3700 km sem escalas, alcançando 45,000 pés de altitude.

Destaque para a capacidade do PC-24 de operar em pistas com 800 metros de comprimento, mesmo com o peso de decolagem perto do máximo.

 

Via – Synerjet Brasil (Representante da Pilatus no Brasil)


DEIXE UMA RESPOSTA