Anchorage será a base da frota de aviões Embraer da Alaska Airlines

Foto - Alaska Airlines

A Alaska Airlines começará a utilizar aviões Embraer 175 no estado do Alasca a partir de outubro, como forma de retomar seus voos.

Operada pelo parceiro Horizon Air, a aeronave dará à companhia aérea a capacidade de aumentar os serviços em todo o estado. Essa decisão ocorre quando a Alaska está avaliando suas futuras necessidades de frota em meio à atual crise.

“Este jato nos dá a flexibilidade de aumentar a frequência diária entre Anchorage e Fairbanks em até sete vezes por dia e de fornecer voos durante todo o ano para King SalmonDillingham. Com o tempo, o novo mix de aeronaves abrirá outros mercados no estado para serviços futuros”, disse a empresa em comunicado.

O Embraer 175 voará junto com o Boeing 737, que possuem Wi-fi a bordo e uma configuração confortável em 3 classes. Os Boeings 737 utilizados são da versão clássica, a divisão cargueira da empresa está utilizando a versão 700NG. 

Frota

Ontem (22/06), a companhia aérea divulgou uma previsão atualizada de frota e ocupação.

A companhia espera que sua contagem de passageiros em junho fique entre 650 e 850 mil, isso representa uma queda de 80% a 85% em relação ao ano passado.

Espera-se que o transporte de cargas esteja em torno de 50 a 55%, acima dos 40% em maio e 15% em abril.


Além disso, a empresa espera que a receita caia cerca de 80% em relação ao ano passado.

Em termos de frota, em março e abril, a Alaska estocou 156 aeronaves, sendo que 12 aviões da Airbus foram permanentemente retirados da frota. Isso incluiu toda a frota de aviões A319, 13 aeronaves da Horizon e oito aeronaves operadas pela SkyWest, que também estavam estocadas.

Desde então, 21 aviões retornaram aos voos comerciais, sendo 11 das 13 aeronaves Horizon e todos os oito aviões SkyWest. A Alaska possui 322 aeronaves no total.

 

DEIXE UMA RESPOSTA