Emirates Dubai Covid-19

A Emirates anunciou nessa terça-feira (09) o aumento do número de voos para Maldivas e Seychelles, atendendo à demanda do mercado e oferecendo mais flexibilidade e opções antes do feriado da Páscoa. 

A partir do dia 28, a Emirates passa a oferecer 28 voos semanais para Malé, capital das Maldivas. Atualmente a companhia tem 24 voos semanais para as Maldivas, operados no Boieng 777-300ER. A frequência de 28 voos será mantida até o dia 18 de abril. 

Todos os viajantes com destino às Maldivas, exceto os cidadãos das Maldivas, devem apresentar resultado negativo no teste de PCR da COVID-19, realizado 96 horas antes do embarque. Os viajantes também devem preencher o formulário online de declaração de saúde (Traveller Health Form) 24 horas antes da chegada ao país.

Para obter mais informações sobre os requisitos de viagem para as Maldivas, clique aqui.

Entre os dias 28 de março e 30 de outubro, a companhia passará a realizar sete voos semanais de Dubai para Seychelles, também como o 777-300ER. O anúncio foi feito agora que as ilhas devem reabrir suas fronteiras para viajantes internacionais sem exigir vacinação ou quarentena, a partir de 25 de março.

Todos os viajantes devem apresentar resultado negativo no teste de PCR da COVID-19 realizado 72 horas antes do embarque. Para obter mais informações sobre os requisitos de entrada nas Ilhas Seychelles, clique aqui. 

Saúde e Segurança

A Emirates destaca que implementou um conjunto abrangente de medidas em cada etapa da viagem para garantir a segurança de seus clientes e funcionários no solo e no ar, incluindo a distribuição de kits de higiene gratuitos com máscaras, luvas, higienizador para as mãos e lenços antibacterianos para todos os clientes. Para obter mais informações sobre essas medidas e os serviços disponíveis em cada voo, visite: www.emirates.com/yoursafety.