Antonov An-124 Blindados Ucrânia Rússia Austrália Guerra
Foto: Emma Schwenke

Com pouco mais de 4 meses dos conflitos armados entre a Ucrânia e a Rússia, o An-124 da Antonov Airlines tem sido cada vez mais solicitado no transporte de suprimentos e armas para as tropas ucranianas.

Desta vez, o cargueiro da era soviética foi enviado até a Austrália, para o recebimento dos quatro primeiros blindados M113AS4 como parte de um pacote de assistência militar por parte do governo australiano.

Além dos blindados, a ajuda militar de 285 milhões de dólares australianos também conta com o envio de munições, sistemas aéreos não tripulados e equipamentos militares de uso pessoal, conforme relatado pelo Portal Defence-Blog.

Antonov An-124 Blindados Ucrânia Rússia Austrália Guerra
Foto: Emma Schwenke

Com os quatro primeiros M113AS4 enviados para a Ucrânia, a Austrália prometeu enviar mais dez blindados do mesmo modelo nas próximas semanas.

Incluindo a Austrália, os Estados Unidos e países que compõem a OTAN, bem como a União Europeia também estão realizando ativamente o envio de equipamentos militares para a Ucrânia.

 

Sobre o Antonov AN-124

O Antonov AN-124-100 é considerado o segundo maior avião de carga do mundo, perdendo apenas para o AN-225, também da Antonov. O cargueiro mede 68,9 metros de comprimento e pode embarcar até 150 toneladas de cargas.

O cargueiro ucraniano Antonov An-124 tem 69 metros de comprimento, cerca de 21 metros de altura, envergadura de aproximadamente 73 metros e capacidade para transportar até 150 toneladas.

A cabine de carga é pressurizada e conta com um volume total de 1.050 m³. Com essas características, transporta diferentes tipos de carga, incluindo peças ou remessas fora do padrão e de grandes dimensões.

Uma outra curiosidade desta aeronave é que ela conta com um trem de pouso equipado com 24 rodas e permite alterar o ângulo da fuselagem para simplificar as operações de carregamento. Além disso, possui duas entradas de carga, ambas com rampas de entrada.

A aeronave é conhecida como o pai do maior cargueiro do mundo, o Antonov An-225, que tem 88 metros de envergadura e seis motores, ao contrário do An-124 que conta com quatro motores.

Com informações: Defence-Blog