An-124 Antonov Canadá
Foto: Eric Prado, (CC BY-SA 4.0), via Wikimedia Commons

Parado no aeroporto de Toronto (YYZ) desde o dia 27 de fevereiro, um Antonov An-124 da Volga Dnepr além de não poder voar aos céus, está causando uma dor de cabeça extra para o seu operador.

Com mais de US $100.000 (R$ 477.500 na atual cotação) acumulados em taxas de estacionamento, a cada 24 horas que a aeronave fica parada no pátio do aeroporto de Toronto Pearson acaba custando US$ 1.065,60 para a Volga-Dnepr, valores que estão aumentando. 

Ironicamente, o último voo deste An-124 de matrícula RA-82078 foi justamente um frete humanitário com testes de Covid-19 a pedido do governo canadense. 

Sem nenhum sinal de que este An-124 poderá voltar aos céus nos próximos dias (ou meses), a Volga-Dnepr está proibida de voar sobre o espaço aéreo canadense depois que a Rússia invadiu o território da Ucrânia e começou um conflito armado. 

A restrição dos voos afeta aeronaves de propriedade da Rússia, incluindo aviões fretados, alugados, operados ou controlados de outra forma por uma pessoa ligada à Federação Russa, conforme publicado pelo Simple Flying

Sem nenhum avanço nas negociações para reaver a aeronave por parte da Volga-Dnepr, o Antonov An-124 ficará no Canadá por tempo indeterminado.