Antonov An-124 CH-53 Alemanha ONU
Foto: Luftwaffe

O Antonov An-124 voltou a ser escalado em uma missão humanitária. A aeronave transportou recentemente cinco helicópteros de grande porte Sikorsky CH-53 que pertencem à ONU (Organização das Nações Unidas).

Toda a operação foi gerenciada e contratada pela Luftwaffe (Força Aérea da Alemanha) a partir do Aeroporto de Leipzig, base operacional da companhia aérea ucraniana.

Foto: Luftwaffe

Os helicópteros serão essenciais para o transporte de apoio alimentício e de saúde em regiões da África, especialmente na Nigéria e Mali. Os An-124 voaram de Leipzig até Niamey, na Nigéria.

A Luftwaffe forneceu os helicópteros CH-53 que até então operavam na sua frota e estão em processo de aposentadoria. Conhecido para transportes pesados, o CH-53 pode levar até 55 passageiros ou 24 macas (com adaptações), quando configurado para carga pode transportar até 3600 kg.

CH-53 Alemanha
CH-53G do Corpo de Aviação do Exército Alemão durante um exercício na Bósnia. Foto: SSGT MARIA J. LORENTE, USAF

O Antonov AN-124-100 é considerado o segundo maior avião de carga do mundo, perdendo apenas para o AN-225, também da Antonov.

O cargueiro ucraniano Antonov An-124 tem 69 metros de comprimento, cerca de 21 metros de altura, envergadura de aproximadamente 73 metros e capacidade para transportar até 150 toneladas.

Antonov An-124
Foto – Cristian Marchi

A cabine de carga é pressurizada e conta com um volume total de 1.050 m³. Com essas características, transporta diferentes tipos de carga, incluindo peças ou remessas fora do padrão e de grandes dimensões.

Uma outra curiosidade desta aeronave é que ela conta com um trem de pouso equipado com 24 rodas e permite alterar o ângulo da fuselagem para simplificar as operações de carregamento. Além disso, possui duas entradas de carga, ambas com rampas de entrada.