Antonov AN-124 Satélite
Foto: Divulgação

A Volga-Dnepr foi acionada mais uma vez para realizar um transporte especial com seu Antonov AN-124. O segundo maior cargueiro do mundo desta vez foi realizar o transporte do Satélite Inmarsat-6 F1.

O Satélite Inmarsat-6 F1 é fabricado pela Airbus Defense and Space, que tem como objetivo facilitar as comunicações de serviços móveis e tem sua vida útil prevista em até 15 anos. Este é um dos mais avançados satélites fabricados atualmente.

O Antonov AN-124 chegou as instalações da Airbus em Toulouse na França para realizar o embarque do Satélite em segurança. O equipamento pesava pouco mais de 70 toneladas e as dimensões do contêiner para transporte estavam próximas do tamanho do compartimento de cargas do gigante cargueiro que tem capacidade para pouco mais de 120 toneladas de cargas.

A aeronave tinha como destino a cidade de Kitakyushu no Japão, onde será preparado para operar pela Inmarsat, empresa britânica que oferece serviços de comunicações móveis a nível global.

Na chegada ao Japão, o Antonov AN-124 da Volga foi recebido pelo vice-prefeito da cidade  Hiroshi Imanaga, além de Tsuji Tomoharu executivo-chefe do Aeroporto e do Porto de Kitakyushu e Dmitry Vorontsov Diretor de desenvolvimento do Grupo Volga-Dnepr.

“A conclusão do projeto de logística do Satélite I-6 F1 não apenas fortalece nossa pegada no setor aeroespacial, mas também traz nossa cooperação com o governo da cidade de Kitakyushu/Governo da prefeitura de Fukuoka para o próximo nível, vemos ações reais destinadas a melhorar a infraestrutura de carga aérea no aeroporto para ser capaz de lidar com essas remessas complexas.”

“Este ano, vimos um aumento significativo no setor aeroespacial em meio ao renascimento dos projetos da indústria e ao desenvolvimento de programas espaciais regionais. A Volga-Dnepr Airlines já transportou mais de 3.000 toneladas de carga associada ao setor aeroespacial e espera mais projetos em andamento”.

 

Fonte: Air Cargo Week

 

DEIXE UMA RESPOSTA