Antonov An-225 retorna à Ucrânia para revisão nos motores

O Antonov 225 Mryia, maior aeronave em diversos aspectos e categorias, vai repousar por alguns dias para revisar seus seis motores. Aeronave que estava 100% dedicada a transportar suprimentos para o combate ao Covid-19 em todo o mundo. 

Foram mais de onze voos entre continentes nos últimos 60 dias, talvez um dos períodos em que mais o avião foi utilizado. Agora ele precisa seguir seu cronograma revisão e manutenção que são feitas minuciosamente com cuidado. Afinal o AN-225 é um avião já antigo e é único no mundo.

“Em 10 dias, após concluir as verificações técnicas e a extensão do Certificado de Aeronavegabilidade, o An-225 Mriya estará disponível no mercado comercial novamente para novos fretamentos aéreos”, disse a Antonov.

No mês passado, o AN-225 em Montreal, a aeronave teve problemas no motor 4. O problema era na bomba de combustível, imediatamente peças de reposição e equipe de manutenção foram deslocadas para o Aeroporto no Canadá para realizar os reparos necessários, na ocasião o irmão menor AN-74 foi usado para o transporte.

O último voo do gigante de carga foi de Tianjin na China para Shannon na Irlanda no dia 10 de junho. O voo realizou uma escala no Cazaquistão. Foram transportadas mais de 900mil equipamentos médicos para a Irlanda. O Aeroporto de Shannon(SNN), em Limerick, oeste da Irlanda, era o único aeroporto do país com uma pista capaz de receber o gigante dos ares. O AN-225 decolou para sua base em Kiev no dia 12 de junho.

 

DEIXE UMA RESPOSTA