A Antonov Airlines realizou recentemente mais um voo cargueiro com o An-124 que passou pelo Brasil. Apesar da visita ao Aeroporto de Viracopos, a aeronave estava apenas cumprindo uma escala técnica, antes de seguir até a Argentina com 40 toneladas de uma carga gigante.

Ao todo foram 40 toneladas de equipamentos de mineração transportados de Vatry, na França, para Comodoro Rivadavia, na Argentina. Enquanto o peso ficou longe da capacidade máxima do An-124, as grandes estruturas utilizaram do tamanho gigantesco da aeronave para o transporte sem demais adaptações.

A viagem da carga durou dois dias, passando pela Ilha do Sal, em Cabo Verde, onde houve descanso da tripulação e parada para reabastecimento, e uma segunda parada técnica em Viracopos, aqui no Brasil.

As peças que incluíam uma grande cabeça de moagem (SAG), foram divididas em quatro seções e transportadas no AN-124-100 fretado pela Dynami Aviation. 

“O frete aéreo era a única forma de transportar com segurança esse equipamento de mineração e permanecer dentro do prazo do cliente para limitar quaisquer impactos nas operações da empresa”, disse Jérémy Sigaul, Gerente de Operações, Dynami Aviation.

O An-124 da Antonov Airlines foi escolhido para este projeto devido à sua capacidade de acomodar mais de 700 metros cúbicos de carga com formatos incomuns.

“As quatro cargas foram carregadas e descarregadas com guindastes de bordo do AN-124-100 e serão utilizadas na construção de novos túneis em uma mina próxima a Comodoro Rivadavia”, disse Olha Danylova, Executivo Comercial da ANTONOV Airlines.

“Agradecemos ao nosso estimado parceiro Dynami Aviation pelo seu profissionalismo e equipe dedicada que sempre contribuem para um transporte de sucesso.”

A Antonov enfrentou neste ano um aumento nos fretamentos para projetos de mineração, concluindo três voos de equipamentos pesando um total de 370 toneladas da Austrália para a América Latina em março, e dois voos com 216 toneladas no total da Turquia para Burkina Faso e Libéria em abril.

DEIXE UMA RESPOSTA