Boeing 737 MAX Aerolineas Argentinas Argentina
Foto: Gabriel Melo/Aeroflap

A Argentina anunciou a reabertura das fronteiras para viajantes estrangeiros sem a exigência de cumprir quarentena na chegada ao país. A Argentina é um dos últimos países da América Latina a reabrir suas fronteiras e retirar exigências mais rígidas para passageiros com destino ao país.

Desde o dia 1º de novembro, turistas que desejarem entrar no país estão autorizados desde que comprovem que receberam a vacina contra a Covid-19 completa. Caso o passageiro não tenha recebido a vacinação completa, ele poderá apresentar um teste negativo para a Covid-19 sendo o RT-PCR, cerca de 72 horas antes da chegada. 

“O que vimos é que, assim que as restrições às viagens são atenuadas, as viagens se recuperam – vimos isso em todo o mundo. A América Latina e o Caribe [estão] essencialmente abertos para negócios agora, a demanda deve aumentar, especialmente com o hemisfério sul entrando na alta temporada”. Disse Peter Cerda, chefe da IATA para a América Latina e Caribe.

Segundo a Reuters, 57% da população argentina recebeu a vacinação completa contra a Covid-19. A Argentina aplicou uma das mais rígidas restrições na pandemia, as companhias aéreas locais ficaram meses sem realizar qualquer voo de receita, cumprindo apenas voos contratados pelo governo para repatriação ou cargas. 

A retomada dos níveis de antes da pandemia são esperados para meados de 2023 no mercado interno e 2024 para o mercado internacional. 

 

DEIXE UMA RESPOSTA