Boeing 787 Governo do México

Mais um capítulo foi criado na história da venda do Boeing 787 do Governo do México. Desta vez o presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador, ofereceu a aeronave para a compra pela Argentina, mas o governo local rejeitou a proposta.

Obrador declarou anteriormente que o 787 Dreamliner do país, equipado com interior VIP e desativado há alguns anos, era uma boa opção para a Argentina substituir o Boeing 757 (T-01) de transporte presidencial, que precisa passar por um extenso e caro check (revisão), devido ao seu tempo de uso.

Contudo, apesar do excelente tratamento concedido por Obrador, o Governo da Argentina achou vantajoso prosseguir com o Check-D do T-01. O valor cobrado pelo México pelo avião é de 110 milhões de dólares, mas o orçamento da Argentina é de US$ 30 milhões.

“Ainda não descartamos que eles possam nos dar os 30 milhões e pagar o restante em parcelas”, disse Obrador em uma conferência. O presidente fez uma promessa de vender aeronaves do governo em sua campanha, mas desde 2019 não apareceu interessados para o 787.

O Boeing 787-8 foi fabricado em 2009, tendo sido utilizado pela fabricante para diversos voos de teste. A aeronave foi comprada pelo governo mexicano em 2014, e teve seu interior completamente criado exclusivamente para fins de transporte VIP presidencial. 

Durante dois anos, o avião passou por todo o processo de configuração interna e também por modificações na parte externa.

Veja abaixo como é o interior da aeronave projetado exclusivamente para o México.

A aeronave dispõe das mais modernas cores e acabamentos, se assemelhando à um apartamento de luxo. As cores em tons mais escuros fazem contraste com as paredes da aeronave e também pelas grandes janelas que possuem a tecnologia de escurecimento gradativo sem a tradicional persiana.

A sala de estar possui um sofá grande para até três pessoas além de duas cadeiras em couro que reclinam. Nesta parte do avião, o sistema de iluminação também conta com luminárias nas paredes.

O espaço para demais passageiros e convidados também é bastante confortável e espaçoso, sendo distribuídas em dois assentos cada com o padrão de poltronas executivas. Nas poltronas das paredes há uma mesa retrátil para refeições ou a realização de trabalhos com papéis e computadores.

O espaço é um dos poucos do Boeing 787 que leva o padrão de bagageiros como em uma aeronave de passageiros regular, porém a iluminação também é diferente.

Com esta aeronave você poderia aproveitar bem esse conforto e ainda não ter desculpas para não se exercitar, imagine poder correr ou caminhar a pouco mais de 800km/h? No Boeing 787 executivo há uma esteira para quem quiser treinar mesmo em viagens.

E claro a suíte presidencial, que dispõe de uma cama grande de casal que parece bem confortável por sinal. Iluminação em LED com luzes espalhadas por todo o quarto, tornando o ambiente bem iluminado e agradável. 

Junto à suíte presidencial, há um banheiro totalmente personalizado e exclusivo. O piso em tons claros faz contraste aos armários e portas que receberam tons mais escuros. As linhas fazem combinação também com o box do chuveiro, que é o único espaço do banheiro que leva pisos brancos e uma iluminação mais forte.