Foto: Senior Master Sgt. Vincent De Groot/ANG

Para celebrar os 75 anos de sua criação, a Guarda Aérea Nacional da Dakota do Sul (EUA) pintou um deu seus caças F-16C Fighting Falcon com um esquema comemorativo que resgata detalhes e fatos de sua história. Dentre eles está o seu fundador, o General-Brigadeiro Joe Foss, um Ás da Segunda Guerra Mundial que abateu 26 aviões e foi fundamental para a fundação da South Dakota ANG em 1946. 

A pintura em tons de branco e azul claro tem o objetivo de emular o caça Grumman F4F Wildcat voado por Foss durante suas ações no Pacífico, bem como as cores da bandeira do estado. O aviador, nascido na Dakota do Sul, voou com os Fuzileiros Navais durante o conflito e é creditado por ter derrubado 26 aeronaves japoneses, incluindo caças A6M Zeke/Zero e os bombardeiros G4M Betty. 

O então Capitão Joe Foss no cockpit do seu F4F Wildcat. (Bettmann/Getty Images)

Em maio de 1943, Foss recebeu a Medalha de Honra do Congresso, a mais importante condecoração militar dos EUA. O militar foi enviado para a Guarda Nacional da Dakota do Sul em 1946 no posto de Tenente-Coronel, deixando os Fuzileiros. Foss foi uma das pessoas mais importantes na formação oficial do braço aéreo da Guarda, tornando-se o comandante do 175º Esquadrão de Caça (175th FS) da ANG, unidade que hoje presta homenagens ao seu fundador com um caça F-16 especialmente pintado. 

A pintura traz detalhes da história do esquadrão e da Guarda Aérea, especialmente de Foss. No topo da cauda do jato do supersônico, uma faixa vermelha contém as inscrições 175º Esquadrão de Caça e 114º Grupo de Caças. As três listras vermelhas, pintadas logo abaixo, representam as mesmas usadas nos caças P-51/F-51 Mustang, o primeiro avião empregado pela unidade. 

Foto: Senior Master Sgt. Vincent De Groot/ANG

As estrelas sob as asas esquerda e direita incluem os sobrenomes de todos os membros da Ala. O número 53 nos estabilizadores traseiros representa o registro do F4F usado por Foss na Guerra. O personagem do Coiote pintado na deriva representa a marca registrada do Ás. Ele também foi o patch utilizado pela 114th FW entre 1970 e 1991. 

Na porta do trem de pouso dianteiro, a pintura do Monte Rushmore – onde estão esculpidos os rostos de quatro Presidentes dos Estados Unidos – reconhece o marco distintivo estadual. A inscrição “S DAK AIR GUARD” foi aplicada aos tanques subalares do caça e utiliza a mesma fonte usada nos caças F-89 Scorpion e F-102 Delta Dagger, empregados pela Guarda entre 1960 e 1970. 

Foto: Senior Master Sgt. Vincent De Groot/ANG

Inicialmente, a unidade baseada em Sioux Falls recebeu o P-51D Mustang e um orçamento apertado para começar a treinar novos pilotos. Ao longo dos anos, o 175º Esquadrão continuou a voar aeronaves de caça como o F-94 Starfire, o F-89 Scorpion, o F-102 Delta Dagger, o F-100 Super Sabre, o A-7 Corsair e, finalmente, o F-16 que emprega até os dias de hoje. 

Além de Ás e ganhador da Medalha de Honra, Foss ainda se tornou o mais jovem governador da Dakota do Sul, aos 39 anos, em 1955. Ele também trabalhou como comissário da Liga Americana de Futebol, foi ex-presidente da National Rifle Association e também apresentou o programa de televisão da ABC “The American Sportsman”. O aviador morreu aos 87 anos no dia 1º de janeiro de 2003 por conta de complicações de um AVC sofrido 3 meses antes.

Confira mais imagens da pintura especial. 

Este slideshow necessita de JavaScript.

DEIXE UMA RESPOSTA