Foto - ATR

A ATR lançou nesta semana uma nova previsão para o mercado de países localizados na Ásia-Pacífico. De acordo com a empresa, cerca de 1000 novas aeronaves do tipo turboélice serão necessárias nos próximos 20 anos.

Essa previsão da ATR vale para o mercado que a empresa trabalha, com dois aviões que oferecem a capacidade de 40 a 80 assentos. O diretor de vendas, Laurent Janitza, ressaltou que a maior demanda será para aviões similares ao ATR 72, que conta com até 78 assentos, são 820 novas aeronaves similares a essa nos próximos 20 anos.

Esse crescimento é reforçado por um mercado que ainda está em desenvolvimento, e que necessita ligar cidades secundárias com hubs de companhias aéreas. Só em 2017 cerca de 36 novas rotas operadas por ATRs foram lançadas na Indonésia, 12 nas Filipinas e quatro na Tailândia.

Em mercados de países desenvolvidos, como o Japão e a Austrália, o foco da empresa será substituir aviões com mais uso até 2037, um processo natural da aviação.