KC-390 sendo carregado- Foto: FAB

O Ministério da Defesa informou que aeronaves da FAB vão realizar o transporte de vacinas contra a Covid-19, a partir desta segunda-feira (18). 

Os voo tem como local de partida a cidade de São Paulo e de lá segue com 44 toneladas de vacinas, inicialmente para o Distrito Federal e para outras capitais de 10 estados, como: Acre, Amapá, Amazonas, Ceará, Goiás, Mato Grosso do Sul, Piauí, Rondônia, Roraima e Santa Catarina.

As aeronaves C-130 Hércules, operadas pelo Esquadrão Gordo (1°/1° GT), realizarão os voos para Brasília (DF), Manaus (AM), Boa Vista (RR), Rio Branco (AC) e Porto Velho (RO).

C-130M Força Aérea Brasileira
(Imagem Ilustrativa)

Os aviões C-105 Amazonas, operados pelo Esquadrão Onça (1°/15° GAV), realizarão o transporte das vacinas para Florianópolis (SC) e Campo Grande (MS).

Já os aviões KC-390 Millennium, operados pelo Esquadrão Zeus (1° GTT), realizarão transporte dos imunizantes para as cidades de Goiânia (GO), Teresina (PI) e Fortaleza (CE).

KC-390 Millennium

Por fim, duas aeronaves C-97 Brasília, operadas pelos Esquadrões Tracajá (1º ETA) e Cobra (7º ETA), realizarão voos para Macapá (AP) e Tabatinga (AM), respectivamente.

Foto: FAB

A previsão de chegada das aeronaves da FAB será divulgada à medida que as aeronaves decolarem no decorrer desta segunda-feira (18).


Operações Logísticas e transportes de pacientes:

A FAB está engajada para transportar cerca de 235 pacientes de Manaus para outras capitais, entre os estados já atendidos, estão Teresina/PI, São Luís/MA, Natal/RN, João Pessoa/PB e o Distrito Federal.

Foto: FAB

Em continuidade às missões que têm como objetivo minimizar os impactos no sistema de saúde de Manaus (AM). A Força Aérea Brasileira está realizando voo com diversos equipamentos hospitalares para ajudar a demanda na capital amazonense.

Imagem: Tenente Dantoniele – Força Aérea Brasileira/Divulgação.

Diversos voos ligando com destino a Manaus levando insumos hospitalares estão saindo de Brasília, São Paulo, Recife, Belém e Rio de Janeiro.

 

Fonte de apoio: Ministério da Defesa e FAB

Edição: Aeroflap

DEIXE UMA RESPOSTA