Avianca Holdings Cargo

A Avianca anunciou hoje que concluiu com sucesso seu processo de reestruturação financeira e emergiu do Capítulo 11 como uma companhia aérea mais eficiente e financeiramente mais forte, com dívida significativamente reduzida e mais de US$ 1 bilhão em liquidez.

Após avançar no processo do Capítulo 11 em 18 meses, a Avianca renovou seu modelo de negócios para ser significativamente mais eficiente, reafirmando seu compromisso de oferecer um serviço confiável e pontual, combinando uma proposta de valor que inclui os melhores atributos do modelo de low cost preservando os principais diferenciais que a permitem ser a alternativa de viagem mais conveniente para milhões de passageiros na América Latina e no mundo.

A reformulação de negócios da Avianca inclui um novo posicionamento no mercado, que você pode conferir abaixo:

Continua depois do anúncio
  • Preços mais competitivos: os preços acessíveis são mais importantes do que nunca. A empresa oferecerá preços mais competitivos e permitirá que os clientes personalizem suas tarifas e paguem pelos serviços e flexibilidade que precisarem.
  • Uma das redes mais robustas da América Latina e a mais forte da Colômbia: nos próximos três anos, a Avianca espera quase dobrar sua malha, expandindo para quase 200 rotas na América Latina e no mundo. Grande parte das novas rotas será ponto a ponto, proporcionando maior conforto aos seus clientes. A malha terá uma frota de mais de 130 aeronaves até o final de 2025 com poltronas de nova geração reconfiguradas e mais leves, o que permitirá à Avianca reduzir a pegada de carbono de suas operações e contribuir para o descongestionamento do aeroporto e, ao mesmo tempo, aumentar sua eficiência.
  • Mais cadeiras e maior conforto: a Avianca tem o compromisso de investir mais de US$ 200 milhões no próximo ano na renovação dos assentos de sua frota de A320, que incluem três novas modalidades – Premium, Plus e Economy – a fim de proporcionar maior conforto, operar com maior eficiência e oferecer preços mais competitivos.
  • Boeing 787 para voos de longo alcance: a companhia aérea continuará operando o Dreamliner, uma aeronave excepcional que, por suas capacidades, características, eficiência e conforto, é a melhor solução para a empresa e seus clientes.
  • Avianca Cargo, um negócio estratégico: a Cargo continuará com grande potencial de crescimento, mantendo a liderança na Colômbia e se expandindo continuamente para outros mercados estratégicos, oferecendo mais e melhores soluções aos clientes.
  • O melhor programa de fidelidade da região e salas VIP: com o programa de passageiro frequente LifeMiles, os clientes da Avianca poderão continuar acumulando milhas e a utilizá-las em toda a rede da companhia aérea e com os seus parceiros. Da mesma forma, os clientes continuarão usufruindo das salas VIP da mesma forma que faziam quando voavam com a Avianca.
  • Membro da Star Alliance: a empresa continuará tendo o apoio da Star Alliance, a maior aliança de companhias aéreas do mundo, proporcionando aos seus clientes conectividade para 1.300 aeroportos no mundo inteiro.
  • Melhor serviço: a Avianca fortaleceu seu serviço de atenção ao cliente e canais digitais para que os clientes possam administrar suas viagens com mais facilidade. Nos próximos 12 meses, a empresa planeja renovar ainda mais esses canais e seus aplicativos para continuar melhorando e facilitando o autosserviço para os passageiros. A pontualidade foi e continuará a ser uma das principais prioridades; de acordo com dados da Cirium, a Avianca é uma das companhias aéreas latino-americanas líderes em pontualidade em 2021.

Roberto Kriete, Presidente do Conselho de Administração disse: “Estamos muito orgulhosos do trabalho que a equipe da Avianca fez e que levou a empresa a sair do C11 a tempo, como uma organização financeiramente mais forte. Embora estejamos no caminho certo para a recuperação, devemos permanecer cautelosos com o progresso da pandemia, que ainda não acabou. Tenho toda a confiança que, com o apoio de nossos investidores, de todos aqueles que acreditaram em nós e com a atual gestão, esta empresa crescerá para continuar conectando a América Latina”.

Rohit Philip, Chief Financial Officer da Avianca, disse: “Este é um dia importante para a Avianca e todos os nossos stakeholders. Temos o prazer de sair com sucesso deste processo, com uma companhia em uma posição financeira mais sólida que continuará atendendo todos os seus clientes e voando por vários anos. Esperamos continuar executando a nossa nova visão de negócios e capitalizar a recuperação da demanda de viagens para alimentar nosso sucesso futuro.”

Por outra parte, Adrián Neuhauser, presidente e CEO da Avianca, disse: “Esperamos um futuro de sucesso para a Empresa, à medida que continuamos construindo a história da Avianca. Agradecemos o apoio de nossos clientes, sócios e financiadores ao longo deste processo. Agradeço também aos nossos colaboradores pelo empenho em oferecer um serviço ininterrupto a todos os clientes e cujo árduo trabalho nos permitiu concluir este processo de forma eficiente. Tenho certeza de que estamos bem-posicionados para ser uma companhia aérea altamente competitiva e bem-sucedida.”

Continua depois do anúncio

De acordo com o plano de reorganização aprovado, os novos acionistas investirão na nova holding Avianca Group International Limited, que terá sede no Reino Unido. Vale lembrar que a holding anterior, Avianca Holdings, estava domiciliada no Panamá.

De acordo com o plano de reorganização aprovado, os novos acionistas investirão na Avianca Group International Limited, uma nova holding, que será domiciliada no Reino Unido e consolidará os investimentos do grupo em todas as suas subsidiárias (incluindo Aerovías del Continente Americano, sua subsidiária Colômbia e TACA International, sua operação na América Central). A holding anterior, Avianca Holdings, estava domiciliada no Panamá.

 

Continua depois do anúncio