Avianca Colombia está operando com menos de 10 aviões

Avianca
Foto - Boeing/Reprodução

A Avianca Colombia declarou que vai operar apenas com dez aviões, do dia 23 de março até 1º de maio, como uma medida para enfrentar a crise, após cancelar todos os voos internacionais, e reduzir em 84% os voos domésticos.

A frota da Avianca ficará resumida a cinco aviões Airbus A320 e cinco ATR 72 para operar voos domésticos, e em alguns dias mais aeronaves poderão ficar em solo.

A companhia, que opera com 142 aviões na sua frota (considerando também as subsidiárias), declarou que a a pandemia lhes custará US$ 8 bilhões, e solicitou ajuda do governo para evitar um colapso total das operações, visto que a empresa está se recuperando de uma crise financeira.

Este valor provavelmente aumentará nas próximas semanas, deixando as companhias aéreas da América Latina em extrema angústia financeira.

O CEO da Avianca, Anko van der Werff, disse:

“Chegou a hora dos governos da região adotarem medidas excepcionais que mitigam o impacto social e econômico. Pedimos que reconectem a América Latina e preservem mais de 20.000 empregos que geramos.”

Atualmente, apenas alguns países da América Latina permanecem abertos a voos internacionais. Entre eles estão o México, Brasil, Cuba.


Além da Avianca, que teve esse drástico corte, outras companhias aéreas da América Latina solicitam uma maior ajuda governamental, nesse complicado momento da aviação mundial.

A Avianca não descartou realizar cortes de postos de trabalho, e disse que já cancelou novas contratações.

 

DEIXE UMA RESPOSTA