Avianca Colombia planeja demitir cerca de 30% da sua força de trabalho

Avianca

A Avianca Holdings está com um planejamento para reduzir o seu quadro de funcionários em 30%, de acordo com o planejamento de recuperação da companhia no processo do Chapter 11.

De acordo com a Avianca, essas demissões serão realizadas até 2022, e fazem parte de uma reestruturação para se adequar ao seu menor tamanho após a pandemia.

A Avianca tinha uma força de trabalho de mais de 20000 funcionários, antes da pandemia. E de acordo com Adrian Neuhauser, CFO da Avianca, a companhia não era eficiente.

“Achamos que o pós-COVID da Avianca será 30% menor, o que significaria uma força de trabalho de cerca de 14.000 pessoas no longo prazo”, disse Adrian Neuhauser, CFO da Avianca.

Adrian Neuhauser disse que se a receita da Avianca crescer 5% nos próximos anos, em comparação com os níveis pré-covid, ainda demorará cinco ou seis anos para voltar aos níveis de 2019.

Durante a pandemia a Avianca anunciou uma aposentadoria antecipada de alguns aviões da sua frota, como o Embraer E-Jet, além disso, a companhia fechou a sua divisão no Peru, uma aérea que operava com cerca de 9 aviões.

No início deste mês, o Tribunal de Falências do Distrito Sul de Nova York aprovou o Financiamento da Avianca de US$ 2 bilhões. No entanto, por determinações do país, a Avianca está no início da recuperação do seu mercado anterior de voos, e operando com apenas 10% da sua capacidade antes da pandemia.


 

DEIXE UMA RESPOSTA