Foto - Avianca/Divulgação

Em uma nota para investidores a Avianca Holdings declarou nesta sexta-feira (22/02) que suspendeu qualquer plano de fusão com a Avianca Brasil.

O processo de fusão, que ainda estava no início, não tem prazo para ser restabelecido. O planejamento fazia parte de uma estratégia do Synergy Aerospace, que é acionista majoritário em ambas as empresas, para unificar as operações das companhias, no mesmo molde da LATAM.

A Avianca Brasil atualmente compartilha o nome da companhia aérea colombiana por meio de um acordo de licenciamento, assinado em 2008, não há qualquer relação entre o negócio das duas companhias.

Atualmente a Avianca Brasil está em processo de recuperação judicial há 2 meses, com mais de R$ 400 milhões em dívidas, que estão sendo negociadas com os credores da empresa.