Uma aeronave que decolou nesta tarde, por volta das 12h26 (horário local), do Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, acidentou-se durante os minutos iniciais do voo, de acordo com informações do Corpo de Bombeiros de Manaus (AM).

A aeronave estava com 10 pessoas a bordo, e tinha como destino o município de Maués, localizado no interior do Amazonas.

Equipes do Corpo de Bombeiros, Força Aérea e Polícia Militar foram deslocadas para atender a ocorrência, localizada próxima da Avenida Tarumã. Feridos estão sendo atendidos e encaminhados para hospitais.

A aeronave envolvida, de acordo com informações da Infraero, é um Cessna 208B Grand Caravan, de matrícula PT-MHC, da empresa Two Flex.

A informação inicial do Corpo de Bombeiros é que não há registro de mortos, inclusive um tripulante acionou o resgate do órgão, informando sobre o acidente, porém o resgate está sendo realizado em uma área de difícil acesso.

 

Em nota a TwoFlex disse:

A TWOFLEX informa que a aeronave da companhia, prefixo PT-MHC, fez um pouso de emergência logo após a decolagem do Aeroporto Eduardo Gomes, em Manaus, sem nenhuma vítima fatal. Todos os oito passageiros e dois tripulantes que estavam a bordo já receberam atendimento médico. A empresa está em contato com as autoridades responsáveis e também em processo de contato com as famílias dos envolvidos. A aeronave, que faria o voo de Manaus para Maués (OWT 5582) e saiu às 12h20 do horário local, é um Monomotor Cessna Grand Caravan, equipada com motor PWC modelo PT6A-114A, com 22.846,3 horas de utilização desde nova (TSN), com sua última manutenção realizada no dia 31/08/2019. Portanto, estava em conformidade com as inspeções requeridas pelo fabricante. A tripulação possui bastante experiência, sendo que o comandante Marcos Musardo tem 22.800 horas totais de voo e o copiloto André Neves tem 970 horas totais de voo. Ambos estiveram recentemente em treinamento no simulador de voo da TWOFLEX. A empresa já ativou seu plano de resposta a emergências e está fazendo todo o possível para auxiliar as autoridades. A TWOFLEX trabalha em conjunto com as autoridades de investigação e continuará a apoiar seus esforços até a apuração do ocorrido. A TWOFLEX lamenta profundamente o ocorrido, e dará informações adicionais à imprensa à medida que estas estiverem disponíveis.