Avião cai com 170 passageiros a bordo após decolar de Teerã, no Irã

Uma aeronave do modelo Boeing 737-800 caiu logo após decolar do Aeroporto Internacional de Teerã, capital do Irã, no início desta quarta-feira (08/01) – horário local.

A imprensa local (e estatal) declarou que a aeronave pertencia à Ukraine International Airlines, da Ucrânia, e levava cerca de 167 passageiros e 9 tripulantes. Não há sobreviventes.

Oitenta e dois iranianos, 63 canadenses e 11 ucranianos morreram no acidente, que ocorreu entre as cidades de Parand e Shahriar, de acordo com um tweet do ministro das Relações Exteriores ucraniano, Vadym Prystaiko.

Também havia 10 suecos, quatro afegãos, três alemães e três britânicos entre as vítimas.

A aeronave estava cumprindo o voo PS-752, de Teerã para Kiev e estava sendo rastreada pelo FR 24 no momento que sofreu o acidente.

Acompanhe o voo realizado através do FR 24, Clicando Aqui.

Imagem do local do acidente.

A aeronave envolvida, de matrícula UR-PSR, tem apenas três anos de uso, de acordo com dados do site Air Fleets.


O governo local alegou que a aeronave sofreu “problemas técnicos”.

Parte do estabilizador vertical da aeronave.

Mais tarde o Irã declarou que não entregará a caixa-preta do avião ucraniano, que caiu nesta quarta-feira (08/01) após decolar de Teerã, à fabricante de aviões Boeing, disse o chefe da agência de aviação civil iraniana.

A FAA, dos EUA, determinou ontem (07/01) que aeronaves evitassem sobrevoar alguns países do Oriente Médio, incluindo o Irã e Iraque, que estão no centro de um conflito dos Estados Unidos com o Governo Iraniano.

 

Via – CNN.com e BBC

 

DEIXE UMA RESPOSTA