GOL

O Canal SBGR publicou no último dia 17 de junho um vídeo mostrando conversas entre a Torre de Controle do Aeroporto de Guarulhos, na região metropolitana de São Paulo, e o piloto de um Boeing 737 da GOL.

No incidente, que ocorreu no dia 05 de junho, o piloto reportou na final da cabeceira 09R a presença de muitas pipas, inclusive colidindo com uma que estava no local.

“Tem muitas pipas na final, inclusive eu trouxe uma aqui enroscada no painel”, disse o piloto à torre, relatando ter uma pipa enroscada no limpador de para-brisas do Boeing 737.

Posteriormente, ao chegar em solo, o piloto solicitou uma nova verificação a partir da torre, e disse que o para-brisa do lado do comandante tinha a presença de linhas de pipa. A torre, por sua vez, disse que estava tomando uma providência sobre o caso.

O incidente lembra bastante os últimos acontecimentos no Aeroporto de Guarulhos envolvendo balões, porém, desta vez ocorreu com outro objeto voador, uma pipa.

Veja tudo no vídeo abaixo:

 

Risco de balão

Na última sexta-feira (18) o Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA) reforçou seu aviso aos pilotos para que façam reportes de todo avistamento de balões no espaço aéreo brasileiro.

Reporte todos os avistamentos ao site do Cenipa: http://sistema.cenipa.aer.mil.br/cenipa/baloeiro/index.

Use também a ferramenta de Relprev do site do SNA: https://www.aeronautas.org.br/safety-sna/relprev.html.

Desta forma, os aeronautas podem dar subsídios para um mapeamento da incidência da soltura de balões no país, dados que são essenciais para o combate efetivo desse crime pelas autoridades competentes

 

DEIXE UMA RESPOSTA