LATAM

No último dia 19 de janeiro um Airbus A320 da LATAM, de matrícula PR-TYA, precisou abortar a decolagem da pista 17R do Aeroporto de Congonhas, na capital paulista.

De acordo com algumas informações prévias, apresentadas pelo site The Aviation Herald, o avião teve um problema no motor esquerdo durante a decolagem. Um alarme (ENG 1 FAIL) foi apresentado no cockpit do avião para os pilotos, que decidiram pausar o procedimento enquanto o avião ainda estava em baixa velocidade, de acordo com os procedimentos exigidos.

Os pilotos então saíram da pista cerca de 965 metros à frente da cabeceira 17L, e taxiaram até o pátio do aeroporto, onde os passageiros desceram do avião.

Todos os passageiros do voo JJ-3142 de São Paulo Congonhas, SP para Vitória, ES, foram alocados em outros voos da LATAM Brasil. O avião só voltou a voar nesta quinta-feira, após passar por uma inspeção e manutenção nos hangares da companhia em Congonhas.

Ao todo o A320 transportava 144 passageiros e 6 tripulantes.

O CENIPA do Brasil informou que o motor esquerdo foi desligado após a falha e a aeronave retornou ao pátio. A ocorrência foi classificada como um incidente sem investigação.

 

Em nota ao Portal Aeroflap a Latam disse:


A LATAM Airlines Brasil informa que o voo LA3142 (São Paulo/Congonhas – Vitória), programado para as 13h da última terça-feira (19), foi postergado devido à necessidade de manutenção corretiva na aeronave. Os passageiros foram reacomodados em outro avião, que decolou normalmente às 15h25.

A LATAM lamenta os transtornos causados e reitera que a segurança é um valor imprescindível, e que, sobretudo, todas as suas decisões visam garantir uma operação segura.

DEIXE UMA RESPOSTA