Baron time futebol Palmas Acidente

No último domingo(24) um Beechcraft 95-B55 Baron de matrícula PT-LYG se acidentou ao decolar de Porto Nacional no estado do Tocantins. A bordo estava parte do time de futebol do Palmas Futebol e Regatas, além do presidente do clube e mais o piloto da aeronave.

Todos os ocupantes da aeronave faleceram e as causas do acidente ainda estão sendo investigadas. Esses jogadores estavam sendo transportados separados da delegação que seguiria para Goiânia, por terem sido testados positivo para Covid-19. A aeronave pertencia ao presidente do Palmas Futebol e Regatas que também estava a bordo e faleceu. 

Este foi o segundo acontecimento com a mesma aeronave, em agosto de 2014 a aeronave havia sofrido seu primeiro acidente. No dia 17 de agosto de 2014, havia decolado do Aeródromo Piquet (SSGP) com destino ao Aeródromo Botelho (SIQE) em Brasília. 

Durante a aproximação para pouso, o piloto esqueceu de abaixar o trem pouso, com isso realizou um pouso fora dos padrões na pista 14 do Aeródromo. Apenas o piloto estava a bordo e não se feriu. 

A aeronave sofreu danos nos dois motores, visivelmente nas pás das hélices. Durante a entrevista ao CENIPA, o piloto relatou que estava totalmente concentrado na velocidade e aproximação com a pista. Reforçou que realizou o checklist antes de pousar, e mesmo com o alarme de baixar o trem de pouso soando, prosseguiu com o pouso. 

Hélices do avião tinham ficado danificadas após o incidente — Foto: Reprodução/Cenipa
Estado dos motores após o pouso: Foto – Relatório Cenipa

O Relatório final do CENIPA divulgado em novembro de 2015 indicou que o piloto estava com o Certificado Médico Aeronáutico valido, bem como a sua licença de piloto. O piloto era certificado para operar o Beechcraft 95-B55 Baron, possuía 75 horas de voo no modelo.

A aeronave PT-LYG estava com seu Certificado de Aeronavegabilidade valido, e o ocorrido foi classificado como incidente grave. A aeronave passou por manutenção para reparar os danos e retomou as operações meses depois.


O incidente grave de 2014 não tem relação com o acidente com o time do Palmas no dia 24 de janeiro de 2021. O Relatório final do incidente de 2014 está disponível no site do CENIPA.