A companhia aérea Azerbaijan airline (AZAL) anunciou nesta última segunda-feira (03/06) que cancelou um contrato de US$ 1 bilhão com a Boeing, envolvendo a compra de 10 aviões da linha 737 MAX.

“A AZAL se recusou a comprar 10 aeronaves da Boeing por razões de segurança”, disse Pasha Kesaminsy à Reuters.

A companhia não comentou qual será a próxima encomenda da empresa, mas o Airbus A320neo é uma alternativa viável para a AZAL, visto como um concorrente direto do 737 MAX.

Enquanto isso a Boeing continua sem solução para o problema de software do 737 MAX, e a paralisação de 370 aeronaves operacionais já perdura por quase quatro meses.

A fabricação do 737 MAX também continua a todo vapor, e os pátios de fábricas da Boeing estão lotados de aviões do modelo 737 MAX, as entregas continuam suspensas.