Embraer
Foto - Embraer

A Azorra, uma empresa de leasing de aviões da Flórida (EUA), assinou um acordo para comprar 11 aeronaves Embraer E-Jet. Estas aeronaves pertenciam à empresa Nordic Aviation Capital (NAC), e estão arrendadas atualmente para quatro companhias aéreas.

De acordo com a Azorra, há um interesse crescente no mercado do E-Jet, principalmente após a possibilidade de conversão para cargueiro.

“Esta aquisição diversifica ainda mais nosso portfólio crescente e é ponderada para os E195, onde vemos uma demanda saudável de curto prazo e potencial de longo prazo para conversões de cargueiros”, disse John Evans, CEO da Azorra.

No início deste mês a Azorra fechou outro acordo com a Nordic, agora para comprar 29 jatos da Embraer, nos quais estão arrendados para grandes empresas como a Azul, Air France, Aerolíneas Argentinas e AeroMéxico e outras empresas.

A Azorra Aviation possui bases operacionais e escritórios nos EUA e também na Irlanda que administra aeronaves que estão alugadas para 18 companhias aéreas em 15 países. 

No começo desse ano, a empresa de leasing anunciou um acordo com a fabricante brasileira Embraer para a aquisição de 20 aviões combinados do E190-E2 e também do E195-E2.

Ainda há o acordo para direitos de compra de outros 30 aviões também da família de jatos Embraer E2, todo o pedido está avaliado em US$ 3,9 bilhões. As entregas dessas novas aeronaves deverão começar no próximo ano.

A Azorra também está investindo em aeronaves europeias, como o Airbus A220 que a empresa adquiriu 22 exemplares no começo do ano. Cerca de 20 dessas aeronaves são da versão A220-300, o restante da variante -100. Além disso adquiriu também a versão executiva do avião com dois exemplares.

David Neeleman, fundador da JetBlue, Azul e Breeze, faz parte do conselho de administração da Azorra.