Azul anuncia venda de seis jatos Embraer E195

A Azul S.A. anunciou hoje (01/06) a venda de seis E195 em continuação de seu processo de transformação de frota.

Os jatos serão substituídos por aeronaves de última geração A320neo, que são mais eficientes no consumo de combustível e possuem 56 assentos adicionais comparado ao E-195, resultando em uma redução de custo por assento de aproximadamente 29% em rotas domésticas de maior alcance.

A320neo conseguiu garantir a melhor eficiência no consumo de combustível no 1T18.

Como consequência desta transação, no primeiro trimestre pro-forma a dívida da Azul teria sido reduzida em aproximadamente R$244 milhões, o caixa teria aumento líquido de R$55 milhões e a alavancagem em termos de dívida ajustada por EBITDAR seria 3,8 vezes.

Além disso, esta venda gerará uma perda contábil não recorrente e sem impacto no caixa no segundo trimestre de 2018, cujo valor será divulgado no release de resultados. Estas aeronaves estavam estacionadas desde o primeiro trimestre de 2018 para serem preparadas para serem vendidas. 

“A substituição de aeronaves de uma geração anterior por aeronaves maiores de última geração, que tem um menor consumo de combustível, é fundamental para a redução de nosso CASK e aumento de nossa margem nos próximos anos. Nosso objetivo é acelerar este processo ao máximo, especialmente agora que estamos enfrentando um cenário de maior volatilidade cambial e de preços de petróleo”, comentou John Rodgerson, CEO da Azul.    

O plano de frota da Azul anunciado em março de 2018 continua inalterado. A companhia espera encerrar o ano com uma frota operacional de 124 aeronaves que consistem em 63 E-Jets, 33 ATRs, 20 A320neos e 8 A330s. 

DEIXE UMA RESPOSTA